Arquivos da categoria: Meio Ambiente

Trabalho em contato direto com a natureza

Talvez uma das maiores recompensas dos projetos da Geoambiente de Sensoriamento Remoto combinados com trabalhos de campo é estar em contato direto com a natureza e se deslumbrar com as mais diversas paisagens ou elementos que só ela pode nos oferecer.
Um dos nossos Analistas de Geoprocessamento, Gabriel Baioco, com o uso de drones para um de nossos projetos de mapeamento das áreas florestais de Minas Gerais, fez a gentileza de registrar e nos passar algumas imagens que refletem um pouco sobre o que estamos falando.

Confira as imagens registradas:

geoambiente_trabalhodecampo_drone_imagens (10)

geoambiente_trabalhodecampo_drone_imagens (9)

geoambiente_trabalhodecampo_drone_imagens (8)

geoambiente_trabalhodecampo_drone_imagens (7)

geoambiente_trabalhodecampo_drone_imagens (6)

geoambiente_trabalhodecampo_drone_imagens (5)

geoambiente_trabalhodecampo_drone_imagens (4)

geoambiente_trabalhodecampo_drone_imagens (3)

geoambiente_trabalhodecampo_drone_imagens (2)

geoambiente_trabalhodecampo_drone_imagens (1)

Please follow and like us:

Geoambiente recebe alunos de Engenharia Ambiental da EEL/USP

visita_eel_geombiente (18)

A Geoambiente encerra o mês de novembro com a visita de alunos de Engenharia Ambiental da Escola de Engenharia de Lorena (EEL/USP), sob a supervisão da Profª Danúbia Caporusso Bargos, que leciona a disciplina Sistema de Informações Geográficas na EEL.

Pela manhã, os alunos foram recepcionados pela equipe de Marketing da Geoambiente, além da Presidente, Izabel Cecarelli, e da Gerente de Projetos de Sensoriamento Remoto e Cartografia, Neila Ferreira. E no momento inicial da visita, Neila apresentou uma visão geral sobre a empresa, o mercado de Geotecnologias e alguns projetos desenvolvidos pela Geoambiente.

Momentos depois, o grupo de alunos foi dividido em duas turmas para assistirem a uma apresentação do Sistema Curupira, uma guiada por Neila e Ana Carolina Rezende, e outra, por Bruno Schultz e Tiago Pinheiro.

Os alunos, que pertencem às turmas do segundo, terceiro e quarto ano do curso, mostraram grande interesse nas apresentações do dia e não faltaram perguntas desde o primeiro momento das apresentações.

E o término da visita contou com um tour por dentro da empresa para conhecer os departamentos, principalmente a área que contempla a Engenharia.

Please follow and like us:

Geoambiente patrocinou 9ª edição do LASE

geoambiente_lase5Nos dias 16 e 17 de outubro, a Geoambiente foi uma das patrocinadoras da 9ª edição do LASE (Congresso de Licenciamento e Gestão Socioambiental no Setor Elétrico).
No evento, que ocorreu no Blue Tree Premium Morumbi, em São Paulo, a equipe Geoambiente, representada por Ana Carolina Rezende, Carina Rodrigues e Vinicius Franzol, explicou e mostrou a todos os visitantes alguns serviços específicos para o mercado de energia elétrica, como por exemplo: estudos ambientais para regularização do sistema elétrico de transmissão e licenciamento ambiental de linhas de transmissão. Sistemas ambientais também receberam destaque, como o Go Field Collector e a Sala de Cenários da CETESB, inclusive apresentada pela própria em apresentação no auditório. Ambos sistemas foram desenvolvidos pela Geoambiente.

geoambiente_lase2

O evento reuniu governos e empresas do setor de geração e transmissão de energia elétrica para discutir temas da gestão socioambiental dos empreendimentos. Os debates e palestras apresentaram as experiências dos empreendedores, aspectos regulatórios e técnicos da pauta ambiental e social dos projetos do setor elétrico.

Please follow and like us:

Secretaria Estadual de Meio Ambiente da Bahia e Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos lançam plataforma online para monitoramento continuado da vegetação do estado da Bahia

lancamento_sistema_curupira2No dia 6 de julho, no Auditório da CERB (Companhia de Engenharia e Recursos Hídricos da Bahia), a Secretaria de Meio Ambiente do Estado da Bahia (SEMA) e o Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA) lançaram a plataforma online Curupira, um sistema de inteligência geográfica para monitoramento continuado da vegetação do estado da Bahia, desenvolvido pela GEOAMBIENTE. O objetivo do sistema é subsidiar o trabalho dos especialistas nas ações de fiscalização e monitoramento, agilizando e ampliando a efetividade das ações ambientais no estado.

Na cerimônia de lançamento estiveram presentes: Welton Rocha – Diretor do INEMA, Geraldo Reis – Secretário do Meio Ambiente do Estado da Bahia, Murilo Figueredo Campos – Superintendente Interino da SEMA – Bahia, representando Luiz Antônio Ferraro Jr – Superintendente da SEMA – Bahia, e Thiago Alencar – Coordenador de Geoinformação na Superintendência de Estudos e Pesquisas na SEMA – Bahia.

A plataforma Curupira foi apresentada pela equipe de Geoambiente, representada pelo Analista de Sistemas Sênior, Tiago Pinheiro, pela Engenheira Agrônoma MSc., Ana Carolina Rezende, e pela Gerente de Contas, Milena Pinheiro.

(esq. para dir.) Tiago Pinheiro (Geoambiente), Thiago Alencar (SEMA-Bahia), Milena Pinheiro e Ana Carolina Rezende (Geoambiente)
(esq. para dir.) Tiago Pinheiro (Geoambiente), Thiago Alencar (SEMA-Bahia), Milena Pinheiro e Ana Carolina Rezende (Geoambiente)

O Curupira é uma plataforma que utiliza recursos de inteligência geográfica, imagens de satélite e processamento computacional de alta performance na nuvem, proporcionando resultados e indicativos de áreas prioritárias para fiscalização, além de monitorar o incremento vegetal. O sistema está disponível no site www.curupira.seia.ba.gov.br.

A plataforma está organizada em quatro módulos. O módulo de Decremento Vegetal proporciona dados mensais que são cruzados com informações do SEIA (Sistema Estadual de Informações Ambientais e Recursos Hídricos) com o objetivo de verificar mudanças de uso do solo.

Geraldo Reis, Secretário do Meio Ambiente do Estado da Bahia, no lançamento do Sistema Curupira
Geraldo Reis, Secretário do Meio Ambiente do Estado da Bahia, no lançamento do Sistema Curupira
No módulo de Regeneração Vegetal, o objetivo é monitorar a recuperação da vegetação nas áreas degradadas, principalmente em unidades de conservação, áreas de preservação permanente e reservas legais cadastradas no CEFIR. Já o módulo de Áreas Irrigadas, possibilita a verificação de áreas que estão sendo irrigadas no estado.

Por último, o módulo de Área sem Vegetação Nativa apresenta a visão geral da situação das áreas rurais no período estabelecido pelo marco legal da proteção da vegetação nativa (Lei Federal 12.651 de 25 de maio de 2012) na data estabelecida de 22 de julho de 2008, compondo o mapa de áreas de uso consolidado do estado.

lancamento_sistema_curupira3

O Sistema Curupira foi também apresentado ao público em geral, no Webinar MundoGeo, no dia 28 de maio deste ano.

Assista ao webinar agora. Veja o vídeo abaixo.

Créditos (texto): Secretaria de Meio Ambiente do Estado da Bahia e Geoambiente

Please follow and like us:

Sistema Curupira muito elogiado em Webinar MundoGeo e Geoambiete

O Sistema Curupira, desenvolvido pela Geoambiente para a Secretaria de Meio Ambiente do Estado da Bahia, é a plataforma de alerta de decremento, de recuperação de vegetação, de detecção de áreas irrigadas e de detecção de áreas sem vegetação nativa em 2008, nos 3 biomas da Bahia.
Em Webinar MundoGeo/Geoambiente, apresentado no dia 28 de maio, Ana Carolina Rezende (Mestre em Sensoriamento Remoto e Especialista em Meio Ambiente na Geoambiente), Tiago Pinheiro (Analista de Sistemas e Especialista em Sistemas de Geolocalização na Geoambiente) e Thiago Alencar (Coordenador de Geoinformação na Superintendência de Estudos e Pesquisas na SEMA-Bahia) apresentaram todos os detalhes sobre o Sistema Curupira.

Você poderá conferir o webinar completo aqui:

Após a apresentação, a Geoambiente recebeu muitos elogios pelo desenvolvimento do sistema para a Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia.

Please follow and like us:

Geoambiente realiza o 2º Workshop de PSA Hídrico – CEIVAP

workshop_geoambiente_agevapNo dia 27 de março, foi realizado o 2º Workshop de PSA Hídrico – CEIVAP, no município de Resende/RJ, tendo o mesmo como enfoque a apresentação dos resultados e andamentos dos projetos de Pagamento Por Serviços Ambientais (PSA) realizados em 12 municípios localizados na bacia hidrográfica do rio Paraíba do Sul.

O evento foi organizado pela Geoambiente e contou com a participação da AGEVAP, de representantes de Comitês de Bacias Hidrográficas, INEA/RJ e das Instituições executoras dos projetos de PSA Hídrico.

workshop_geoambiente_agevapOs serviços ecossistêmicos são “gratuitamente” prestados pela natureza, mas a conservação e restauração dos ecossistemas para que estes serviços continuem a ser prestados pode gerar custos. Sendo assim, o Programa de PSA Hídrico tem como meta a conservação e restauração florestal através do PSA, de modo a compensar de forma monetária os proprietários rurais participantes do projeto pelo serviço ambiental prestado.

Os projetos de PSA Hídrico desenvolvem ações de restauração e conservação florestal em propriedades rurais visando o incremento hídrico na bacia do rio Paraíba do Sul. Esses mesmos projetos também permitirão a maior conectividade entre os fragmentos florestais.

Relembre também como foi a 1ª edição do Workshop de PSA Hídrico: http://www.geoambiente.com.br/blog/2016/08/03/i-workshop-das-instituicoes-executoras-de-psa-hidrico-ceivap-da-bacia-do-rio-paraiba-do-sul/

E as visitas técnicas para o projeto: http://www.geoambiente.com.br/blog/2016/09/09/visitas-tecnicas-da-geoambiente-em-projetos-de-psa-hidrico-agevap/

Please follow and like us:

GEOAMBIENTE encerra com chave de ouro o projeto para a Semace

geoambiente_semaceNa sexta-feira, 09/12/2016, a Geoambiente, representada por sua diretora Izabel Cecarelli e pelo Geógrafo Alex Sousa, esteve presente no Palácio da Abolição, sede do Governo do Estado do Ceará para apresentar os resultados do projeto Reestruturação e Atualização do Mapeamento do Zoneamento Ecológico-Econômico da Zona Costeira e Unidades de Conservação Costeiras do Estado do Ceará.

A cerimônia foi presidida pelo Governador do Estado do Ceará, Camilo Santana e a mesa foi composta pelo Secretário Estadual do Meio Ambiente, Artur Bruno, pelo Superintendente da Semace, José Ricardo Araújo Lima e grande número de autoridades e representantes da sociedade com assento no Conselho Estadual do Meio Ambiente.

geoambiente_semace_mesa

Com os resultados do Projeto desenvolvido pela Geoambiente, o Governo do Ceará terá mais elementos para atrair investimento que promovam o crescimento econômico e o desenvolvimento sustentável.

10

 

geoambiente_semace_alex

Além disso, os resultados do estudo ajudarão no planejamento territorial e no estabelecimento de diretrizes para o zoneamento da faixa costeira do Estado, precisão no posicionamento cartográfico das unidades mapeadas, facilitando suporte técnico à Semace na execução de suas atividades de planejamento, fiscalização, licenciamento e monitoramento ambiental.

geoambiente_semace_conclusaoprojeto
Izabel Cecarelli (Diretora da Geoambiente) entrega marco do projeto a José Ricardo Araújo Lima (Superintendente da Semace) pela conclusão do projeto “Reestruturação e Atualização do Mapeamento do Zoneamento Ecológico-Econômico da Zona Costeira e Unidades de Conservação Costeiras do Estado do Ceará”.
geoambiente_equipe_semace
Equipe Geoambiente do projeto para a Semace.


Breve ficha técnica do projeto:

Coordenação do Projeto
André Luis de Pádua Santos, Engenheiro Cartógrafo
Júlio Bandeira Guerra, Geógrafo, Mestre em Sensoriamento Remoto

Coordenação Técnica dos Mapeamentos de Unidades Geoambientais, Potencialidade de Uso e Capacidade de Suporte a Impactos Cumulativos e de análise ambiental integrada
Alex da Silva Sousa, Geógrafo, Mestre em Geografia Física 

Coordenação Técnica do Mapeamento de Uso e Cobertura do Solo
Rogério de Sousa Bueno Silva, Engenheiro Ambiental

Confira algumas fotos do evento:

 

Please follow and like us:

Geoambiente e o Dia do Meio Ambiente

DSC000025 de junho foi o Dia Mundial do Meio Ambiente, mas precisamos lembrá-los de que a preocupação e preservação do nosso meio ambiente devem ser diárias e contínuas.

Em nosso dia a dia, levamos com muita seriedade o esforço e o cuidado com o meio ambiente que aplicamos em nossos projetos.
Aproveite para conferir algumas imagens de nossa equipe em campo, em projetos ambientais.

Please follow and like us:

Faça sol ou faça chuva, a equipe de campo da Geoambiente nunca para

geoambiente_inema10O projeto de mapeamento da cobertura vegetal da Bahia para o INEMA (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado) ainda segue a todo vapor com o consórcio Geobahia, liderado pela Geoambiente.
E mesmo com a chuva não dando trégua para o cerrado, na região oeste da Bahia, nossa bióloga, Luciana Arasato, seguiu rumo às regiões de Missão de Aricobé, Angical e Barreiras para supervisionar e fazer o levantamento e registro da vegetação existente nestes locais, com base no mapeamento. Estes dados serão usados para fazer a comparação do que foi observado no campo com o próprio mapeamento.

Confira algumas imagens:

 

Please follow and like us:

Geoambiente levando o SIGA para São Luís

Para gerenciar uma grande capital com mais de 1 milhão de habitantes, a Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de São Luís do Maranhão (SEMMAM) sempre buscou a ordem e a conservação do meio ambiente sincronizados com o progresso e o avanço industrial e tecnológico.

E foi dando mais um passo adiante em seu planejamento que a SEMMAM solicitou os serviços da Geoambiente, para desenvolver o projeto SIGA (Sistema de Informações para Gestão Ambiental).

O SIGA foi desenvolvido para atender não só a SEMMAM, mas também a população ludovicense, com a missão de:

  • levar transparência e agilidade ao processo de licenciamento ambiental por meio do fornecimento de informações aos gestores ambientais e à população, com fácil acompanhamento dos processos de licenciamento pelos requerentes/empreendedores;
  • fornecer à população a possibilidade de registrar denúncias de não-conformidades ambientais através de ferramentas com uma interface amigável em dispositivo móvel;
  • possibilitar o monitoramento de resíduos de construções civis para que estes não sejam deixados em rios, mangues, áreas verdes e áreas livres, assim como em áreas de preservação.

Com estas possibilidades, o SIGA oferece agilidade para a tomada de decisões da SEMMAM.

SIGA
Equipe Geoambiente para o projeto do SIGA: (atrás, esq. para dir.): Carolina Landim, Mateus Pontes, Luis Filipe Mota, Carlos Portes e Joyce Tosetto. (frente): Tiago Pinheiro e Miriam Carvalho.


Foram 14 meses de trabalho intenso da equipe Geoambiente neste projeto, que foi estruturado em 6 módulos:

  • Controle de acesso
  • Administração
  • Controle do processo de licenciamento ambiental
  • Relatório (sobre cada solicitação do licenciamento e seu status)
  • Fiscalização ambiental
  • Público (consulta pelo público sobre as Áreas de Proteção Ambiental, hidrografia, parques ecológicos, áreas de risco, entre outros).

A equipe Geoambiente atuou no levantamento e especificação de requisitos, passando por implementações web e móveis (Android e iOS), implantação no cliente, treinamento dos usuários e transferência tecnológica, até as questões jurídicas de garantia legal. Foi um trabalho completo!

saoluis_geoambiente_treinamento
Treinamento Geoambiente da equipe da SEMMAM para uso do SIGA

Para Carolina Landim, analista de sistemas e analista desenvolvedora Geoambiente, o projeto teve grande importância, principalmente para os licenciamentos: “Foi desafiador e de grande satisfação atuar nesse projeto de Gestão Ambiental, em que procuramos manter o foco no objetivo principal do cliente que era agilizar o processo de Licenciamento Ambiental e permitir que o próprio empreendedor possa fazer tal solicitação; além de permitir que a população faça denúncias de infrações ambientais através de seus smartphones.
Acredito que o sistema trará grande benefício aos empreendedores que poderão solicitar os licenciamentos através da Internet e acompanhar o andamento dos processos a qualquer momento com maior transparência”.

Para a versão web do SIGA, acesse: http://sigasemmam.saoluis.ma.gov.br/siga

Para a versão mobile do aplicativo SIGA Denúncia, acesse: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.geoambiente.sigadenunciainfracao

Please follow and like us: