Arquivo da tag: Bahia

Sistema Curupira em destaque no Google Geo for Good

O sistema Curupira, desenvolvido pela Geoambiente para a Secretaria de Meio Ambiente da Bahia, foi apresentado a todo o público do evento Google Geo for Good no dia 17 de setembro, na Califórnia.

geoforgood

Etore Marcari Jr mostrou como o sistema Curupira, ferramenta poderosa do Estado da Bahia no combate ao desmatamento da vegetação nativa, foi desenvolvido com o uso do Google Maps, Google Earth Engine e as ferramentas da Google Cloud Platform.

geoforgood2

geoforgood3

Please follow and like us:

Sistema Agility é apresentado no Geopública 2019

“Geotecnologias, Geoinformação & Geoinovação transformando o mundo” foi o tema da 8a. edição do Geopública, na Bahia. Milena Pinheiro, representando a Geoambiente, apresentou todos os detalhes e diferenciais do inovador sistema Agility aos participantes do evento nesta manhã.

geopublica1

O Geopública é um evento promovido pela Comissão Estadual de Cartografia e Geoinformação do estado da Bahia (CECAR) e do Grupo Temático de Informações Geoespaciais (GTIGEO) vinculado ao Comitê de Gestores de TIC do estado da Bahia (FORTIC), com o objetivo de desenvolver uma comunidade de interesses entre as instituições públicas do governo na aplicação de inteligência geoespacial na tomada de decisão.

geopublica2

Please follow and like us:

Geoambiente apresenta sistema Agility no Geopública 2019

milena_geopublicaA Geoambiente é convidada a participar da 8ª edição do GEOPÚBLICA no dia 17 de setembro, no Auditório do SEINFRA da Bahia.
Com o objetivo de desenvolver uma comunidade de interesses entre as instituições públicas do governo na aplicação de inteligência geoespacial na tomada de decisão, o tema desta edição do GEOPÚBLICA é “Geotecnologias, Geoinformação & Geoinovação transformando o mundo”.
Representando a Geoambiente, Milena Pinheiro, apresentará o inovador sistema Agility em sua palestra “AGILITY – Unindo Inteligência Artificial e Geolocalização para o atendimento e planejamento das demandas da população”.

O Geopública é promovido pela Comissão Estadual de Cartografia e Geoinformação do estado da Bahia (CECAR) e do Grupo Temático de Informações Geoespaciais (GTIGEO) vinculado ao Comitê de Gestores de TIC do estado da Bahia (FORTIC), e será realizado nos dias 17 e 18 de setembro, no Auditório Principal da SEINFRA da Bahia.

Please follow and like us:

Governo do Estado lança Mapeamento da Cobertura Vegetal da Bahia

Governo da Bahia lança o Mapeamento da Cobertura Vegetal do Estado, executado por Consórcio de empresas de Geotecnologias, sob a liderança da GEOAMBIENTE.

Acompanhe o release abaixo publicado na MundoGeo.

Estado da Bahia possui três biomas terrestres, com seus diversos tipos de vegetação nativa: o Cerrado, a Caatinga e a Mata Atlântica

Durante o evento de assinaturas de decretos e lançamentos de projetos que aconteceu no último dia 5 de junho, visando o fortalecimento da gestão ambiental no estado, o governador Rui Costa lançou a portaria conjunta entre a Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), instituindo o Mapeamento da Cobertura Vegetal da Bahia.

A atividade permeia um sistema automatizado de gestão florestal, que acompanhará as atividades de desmatamento e de reflorestamento nos três biomas baianos, sendo instrumento de gestão florestal nos termos da Lei no 10.431, de 2006, e do Decreto Estadual no 15.180, de 2014.

O estado da Bahia, nos seus quase 600 mil quilômetros quadrados de extensão territorial, possui três biomas terrestres, com seus diversos tipos de vegetação nativa: o Cerrado, a Caatinga e a Mata Atlântica.

coberturavegetalbahia

Segundo a diretora-geral do Inema, Márcia Telles, auxilia o importante e fundamental monitoramento da vegetação nativa. “É necessário acompanhar o processo de uso e ocupação do solo, que resulta em variados tipos de alterações no território e, consequentemente, nos ambientes naturais. Entretanto, os mapeamentos da cobertura vegetal anteriores de nosso estado ou estão em escalas incompatíveis com as atuais necessidades de aplicação da política ambiental ou encontram-se defasados”, afirmou a diretora.

Algumas ações que serão diretamente aprimoradas com o novo mapeamento, por meio da qualificação e consequente celeridade das análises, são as atividades de licenciamento, fiscalização, monitoramento, gestão de unidades de conservação, da biodiversidade e dos recursos hídricos, além servir de insumo para projeção de cenários de expansão de setores econômicos.

Para a realização dos trabalhos foram contratados dois consórcios de empresas especialistas na área: o Consórcio Geobahia – liderado pela GEOAMBIENTE, que executou o mapeamento da vegetação nativa em todo o estado; e o Consórcio Geo Senografia-Viasat, que apoiou a validação dos produtos do mapeamento.

Os produtos estarão disponíveis para a consulta pública por meio do sistema SIGweb Geobahia.

Please follow and like us:

Secretaria Estadual de Meio Ambiente da Bahia e Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos lançam plataforma online para monitoramento continuado da vegetação do estado da Bahia

lancamento_sistema_curupira2No dia 6 de julho, no Auditório da CERB (Companhia de Engenharia e Recursos Hídricos da Bahia), a Secretaria de Meio Ambiente do Estado da Bahia (SEMA) e o Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA) lançaram a plataforma online Curupira, um sistema de inteligência geográfica para monitoramento continuado da vegetação do estado da Bahia, desenvolvido pela GEOAMBIENTE. O objetivo do sistema é subsidiar o trabalho dos especialistas nas ações de fiscalização e monitoramento, agilizando e ampliando a efetividade das ações ambientais no estado.

Na cerimônia de lançamento estiveram presentes: Welton Rocha – Diretor do INEMA, Geraldo Reis – Secretário do Meio Ambiente do Estado da Bahia, Murilo Figueredo Campos – Superintendente Interino da SEMA – Bahia, representando Luiz Antônio Ferraro Jr – Superintendente da SEMA – Bahia, e Thiago Alencar – Coordenador de Geoinformação na Superintendência de Estudos e Pesquisas na SEMA – Bahia.

A plataforma Curupira foi apresentada pela equipe de Geoambiente, representada pelo Analista de Sistemas Sênior, Tiago Pinheiro, pela Engenheira Agrônoma MSc., Ana Carolina Rezende, e pela Gerente de Contas, Milena Pinheiro.

(esq. para dir.) Tiago Pinheiro (Geoambiente), Thiago Alencar (SEMA-Bahia), Milena Pinheiro e Ana Carolina Rezende (Geoambiente)
(esq. para dir.) Tiago Pinheiro (Geoambiente), Thiago Alencar (SEMA-Bahia), Milena Pinheiro e Ana Carolina Rezende (Geoambiente)

O Curupira é uma plataforma que utiliza recursos de inteligência geográfica, imagens de satélite e processamento computacional de alta performance na nuvem, proporcionando resultados e indicativos de áreas prioritárias para fiscalização, além de monitorar o incremento vegetal. O sistema está disponível no site www.curupira.seia.ba.gov.br.

A plataforma está organizada em quatro módulos. O módulo de Decremento Vegetal proporciona dados mensais que são cruzados com informações do SEIA (Sistema Estadual de Informações Ambientais e Recursos Hídricos) com o objetivo de verificar mudanças de uso do solo.

Geraldo Reis, Secretário do Meio Ambiente do Estado da Bahia, no lançamento do Sistema Curupira
Geraldo Reis, Secretário do Meio Ambiente do Estado da Bahia, no lançamento do Sistema Curupira
No módulo de Regeneração Vegetal, o objetivo é monitorar a recuperação da vegetação nas áreas degradadas, principalmente em unidades de conservação, áreas de preservação permanente e reservas legais cadastradas no CEFIR. Já o módulo de Áreas Irrigadas, possibilita a verificação de áreas que estão sendo irrigadas no estado.

Por último, o módulo de Área sem Vegetação Nativa apresenta a visão geral da situação das áreas rurais no período estabelecido pelo marco legal da proteção da vegetação nativa (Lei Federal 12.651 de 25 de maio de 2012) na data estabelecida de 22 de julho de 2008, compondo o mapa de áreas de uso consolidado do estado.

lancamento_sistema_curupira3

O Sistema Curupira foi também apresentado ao público em geral, no Webinar MundoGeo, no dia 28 de maio deste ano.

Assista ao webinar agora. Veja o vídeo abaixo.

Créditos (texto): Secretaria de Meio Ambiente do Estado da Bahia e Geoambiente

Please follow and like us:

Sistema Curupira muito elogiado em Webinar MundoGeo e Geoambiete

O Sistema Curupira, desenvolvido pela Geoambiente para a Secretaria de Meio Ambiente do Estado da Bahia, é a plataforma de alerta de decremento, de recuperação de vegetação, de detecção de áreas irrigadas e de detecção de áreas sem vegetação nativa em 2008, nos 3 biomas da Bahia.
Em Webinar MundoGeo/Geoambiente, apresentado no dia 28 de maio, Ana Carolina Rezende (Mestre em Sensoriamento Remoto e Especialista em Meio Ambiente na Geoambiente), Tiago Pinheiro (Analista de Sistemas e Especialista em Sistemas de Geolocalização na Geoambiente) e Thiago Alencar (Coordenador de Geoinformação na Superintendência de Estudos e Pesquisas na SEMA-Bahia) apresentaram todos os detalhes sobre o Sistema Curupira.

Você poderá conferir o webinar completo aqui:

Após a apresentação, a Geoambiente recebeu muitos elogios pelo desenvolvimento do sistema para a Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia.

Please follow and like us:

Faça sol ou faça chuva, a equipe de campo da Geoambiente nunca para

geoambiente_inema10O projeto de mapeamento da cobertura vegetal da Bahia para o INEMA (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado) ainda segue a todo vapor com o consórcio Geobahia, liderado pela Geoambiente.
E mesmo com a chuva não dando trégua para o cerrado, na região oeste da Bahia, nossa bióloga, Luciana Arasato, seguiu rumo às regiões de Missão de Aricobé, Angical e Barreiras para supervisionar e fazer o levantamento e registro da vegetação existente nestes locais, com base no mapeamento. Estes dados serão usados para fazer a comparação do que foi observado no campo com o próprio mapeamento.

Confira algumas imagens:

 

Please follow and like us: