Exportações de papel e celulose crescem em 2010.

por Painel Florestal

As principais indústrias do setor de papel e celulose encerraram o ano passado com expansão expressiva das exportações em relação a 2009, segundo levantamento elaborado pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Entre as maiores exportadoras do Brasil aparecem empresas, como Fibria, Suzano Papel e Celulose, Cenibra, Klabin e International Paper (IP), entre outras.

Maior fabricante de celulose de eucalipto do mundo, a Fibria encerrou o ano com vendas de US$ 1,579 bilhão em 2010. O resultado é 285,36% superior ao de 2009 e considera apenas os antigos ativos da Votorantim Celulose e Papel (VCP), empresa que deu origem à Fibria após a aquisição da Aracruz.

Com isso, a Fibria encerrou o ano na 17ª posição do ranking. A Suzano Papel e Celulose exportou US$ 1,248 bilhão em 2010, alta de 35,45% em relação ao ano anterior. O resultado concedeu à companhia a 23ª posição do levantamento.

Entre as maiores exportadoras do País aparecem com destaque também a Cenibra, com vendas de US$ 710,7 milhões (alta de 79,82% sobre 2009); a IP, com vendas de US$ 492,3 milhões (+25,28%); a Fibria-MS Celulose Sul Mato-Grossense, com um total de US$ 466,9 milhões (+87,39%); a Veracel, com US$ 441,3 milhões (+3,01%); e a Klabin, com US$ 395,5 milhões (+25,50%).

Posts relacionados

Deixe um Comentário

Posts mais recentes:

Localizador de Produtos
Cloud native
Google Maps
Google Maps
nuvem
Google Maps
Google Cloud
Google Cloud
Google Maps
Google Cloud
Nuvem
Google
Google Cloud
Google lança novos recursos de customização para o Maps no mobile
5 mitos sobre a estratégia multicloud
mariobet - supertotobet -

macbook tamir

- mersin eskort