O mercado GIS de uma maneira jamais vista, mas sempre vislumbrada.

0 2

As novas ferramentas de armazenamento, busca e compartilhamento de dados geográfico se tornam cada vez mais eficientes, intuitivas e alcançam novos departamentos, empresas e pessoas em praticamente todas as áreas do conhecimento.

Felipe Seabra, Gerente de Marketing da Geoambiente /Google Partner .

wordpress_materia1Sabe aquelas inovações que encantam e você se pergunta, como ninguém pensou nisso antes? Manipular com agilidade um globo tridimensional na ponta de seus dedos. Ligar e desligar camadas de informações suas, da sua empresa, de seus clientes  e sobrepô-las sobre uma base rica em mapas, imagens e vídeos criteriosamente localizados no espaço geográfico.  Carregar, de maneira rápida e segura, terabytes de informações em servidores espalhados pelos cantos mais remotos do Planeta. Gerenciar seus ativos, suas equipes em tempo real e com o máximo de eficiência. Integrar e trabalhar com diferentes bancos de dados de uma maneira simples e sem a necessidade de longos treinamentos. A realidade agora é outra e a palavra da vez é descomplicar!

Um universo de possibilidades se abriu com a união do útil ao agradável. Em outras palavras, a utilidade inquestionável dos Sistemas de Informação Geográfica ganhou força com as geniais e intuitivas ferramentas de armazenamento, compartilhamento e apresentação de informações que convivemos hoje e que foram muito bem desenvolvidas através das redes sociais e de uma nova geração de aplicativos desenvolvidos recentemente.

Estamos na era da democratização do uso dos mapas, da massificação da Geografia. Mapa para todos! Esse seria o slogan da nova era. Um estudo recente encomendado pela Google e publicado recentemente no Valor Econômico, revela que os serviços de geolocalização, indicam um movimento entre US$ 150 bilhões e US$ 270 bilhões por ano no mundo. Em nome da comodidade e da rapidez, mesmo quem não é fã da tecnologia aprendeu a usar novidades que ajudam o usuário a chegar em algum lugar, como mapas digitais, sistemas de navegação via satélite e softwares de busca por estabelecimentos comerciais, como restaurantes e lojas.

No mundo corporativo, a Geografia é muito mais que um mapa, é sinal de melhoria no relacionamento com clientes e na otimização de equipes e ativos. Mais do que isso, significa tomar decisões de alto nível apoiadas por incríveis aplicações e ferramentas.  Nesse sentido, se destacam as empresas que valorizam a atividade criadora de seus profissionais uma vez que as possibilidades estão mais tangíveis do que nunca. Esse é o momento de mudar, de ouvir, de buscar parcerias estratégicas, de concretizar sonhos. O ano de 2013 se torna um marco na história da geotecnologia e da própria geografia. Sejam todos bem vindos!

Posts relacionados

1 Response

Deixe um Comentário

Posts mais recentes:

Google Maps
Google Cloud
Nuvem
Google
Google Cloud
Google lança novos recursos de customização para o Maps no mobile
5 mitos sobre a estratégia multicloud
Google Cloud
Google Cloud
Google Cloud
multicloud
Cloud Run: desenvolva aplicações em contêiners sem servidor no Google Cloud
Anthos
Google Next
multicloud