Arquivo da tag: Android

Geoambiente levando o SIGA para São Luís

Para gerenciar uma grande capital com mais de 1 milhão de habitantes, a Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de São Luís do Maranhão (SEMMAM) sempre buscou a ordem e a conservação do meio ambiente sincronizados com o progresso e o avanço industrial e tecnológico.

E foi dando mais um passo adiante em seu planejamento que a SEMMAM solicitou os serviços da Geoambiente, para desenvolver o projeto SIGA (Sistema de Informações para Gestão Ambiental).

O SIGA foi desenvolvido para atender não só a SEMMAM, mas também a população ludovicense, com a missão de:

  • levar transparência e agilidade ao processo de licenciamento ambiental por meio do fornecimento de informações aos gestores ambientais e à população, com fácil acompanhamento dos processos de licenciamento pelos requerentes/empreendedores;
  • fornecer à população a possibilidade de registrar denúncias de não-conformidades ambientais através de ferramentas com uma interface amigável em dispositivo móvel;
  • possibilitar o monitoramento de resíduos de construções civis para que estes não sejam deixados em rios, mangues, áreas verdes e áreas livres, assim como em áreas de preservação.

Com estas possibilidades, o SIGA oferece agilidade para a tomada de decisões da SEMMAM.

SIGA
Equipe Geoambiente para o projeto do SIGA: (atrás, esq. para dir.): Carolina Landim, Mateus Pontes, Luis Filipe Mota, Carlos Portes e Joyce Tosetto. (frente): Tiago Pinheiro e Miriam Carvalho.


Foram 14 meses de trabalho intenso da equipe Geoambiente neste projeto, que foi estruturado em 6 módulos:

  • Controle de acesso
  • Administração
  • Controle do processo de licenciamento ambiental
  • Relatório (sobre cada solicitação do licenciamento e seu status)
  • Fiscalização ambiental
  • Público (consulta pelo público sobre as Áreas de Proteção Ambiental, hidrografia, parques ecológicos, áreas de risco, entre outros).

A equipe Geoambiente atuou no levantamento e especificação de requisitos, passando por implementações web e móveis (Android e iOS), implantação no cliente, treinamento dos usuários e transferência tecnológica, até as questões jurídicas de garantia legal. Foi um trabalho completo!

saoluis_geoambiente_treinamento
Treinamento Geoambiente da equipe da SEMMAM para uso do SIGA

Para Carolina Landim, analista de sistemas e analista desenvolvedora Geoambiente, o projeto teve grande importância, principalmente para os licenciamentos: “Foi desafiador e de grande satisfação atuar nesse projeto de Gestão Ambiental, em que procuramos manter o foco no objetivo principal do cliente que era agilizar o processo de Licenciamento Ambiental e permitir que o próprio empreendedor possa fazer tal solicitação; além de permitir que a população faça denúncias de infrações ambientais através de seus smartphones.
Acredito que o sistema trará grande benefício aos empreendedores que poderão solicitar os licenciamentos através da Internet e acompanhar o andamento dos processos a qualquer momento com maior transparência”.

Para a versão web do SIGA, acesse: http://sigasemmam.saoluis.ma.gov.br/siga

Para a versão mobile do aplicativo SIGA Denúncia, acesse: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.geoambiente.sigadenunciainfracao

Please follow and like us:

Google Waze agora pode vir pré-instalado em smartphones

fonte: IDGNOW

Serviço comprado pelo Google em 2013 agora integra o chamado Google Mobile Service e pode ser pré-instalado nos aparelhos Android por empresas e operadoras.

O aplicativo gratuito de trânsito Waze agora integra o Google Mobile Service (GMS) a partir da opção de pré-instalação do aplicativo nos dispositivos móveis, segundo a desenvolvedora.

Desta forma, as fabricantes de aparelhos e as operadoras agora podem instalar o app em seus smartphones para que o usuário já tenha acesso à plataforma assim que comprar o gadget.

Vale lembrar que o Waze foi comprado pelo Google em junho de 2013. Desde então, as duas empresas passaram a integrar seus serviços em comum, o Waze e o Google Maps.

 “O anúncio do Waze como um Google Mobile Service é o próximo passo para se transformar em uma plataforma que conecta comunidades de cidadãos com o objetivo de promover vias mais seguras”, afirma a porta-voz do Waze, Julie Mossler.

Please follow and like us:

Google Maps cria sistema de recompensa para aumentar o número de reviews

fonte: TechTudo – por JOÃO KURTZ

O Google anunciou o lançamento de um programa de recompensas para os usuários do Google Maps que vai dar benefícios para quem escrever vários reviews no sistema. A iniciativa é uma forma de bater de frente com outros sites semelhantes como o “Yelp”.

Programa do Google vai recompensar quem escrever reviews no Google Maps (foto: Reprodução/Google)
Programa do Google vai recompensar quem escrever reviews no Google Maps (foto: Reprodução/Google)

O novo programa, chamado Guias Locais, tem quatro níveis diferentes, de acordo com o número de reviews escritos pelo usuário. No primeiro nível, quando ainda não escreveu nada, ele tem acesso apenas à newsletter do serviço, mas conforme vai escrevendo, a pessoa ganha novos benefícios.

Ao escrever cinco reviews, o usuário passa para o nível 2, no qual pode fazer Hangouts com outros usuários e profissionais de gastronomia. Além disso, eles podem promover guias próprios e ser escolhido para testar novos produtos e recursos do Google antes do lançamento.

Já no nível 3, atingido após 50 reviews, o usuário recebe uma insígnia em sua conta e pode se juntar a uma comunidade privada. Em certas cidades, ele também será convidado a eventos exclusivos. A recompensa para o último nível, alcançado após 200 reviews, é poder aparecer nas contas oficiais do programa e um agradecimento anual pelas contribuições.

Os interessados em se juntar à iniciativa podem fazer a inscrição na página do Guias Locais. O sistema também pode ser acessado diretamente nas últimas versões do aplicativo para Android e iOS, que já estão disponíveis para atualização.

Please follow and like us:

Conheça como a Geoambiente e a solução Google Maps Coordinate podem apoiar o seu negócio

[youtube=http://youtu.be/0IVOOV7_4io]

A Geoambiente, revenda dos produtos Google no Brasil, apresenta o Google Maps Coordinate, ferramenta de gestão de força de trabalho que aperfeiçoa a eficiência de seus times móveis. Com ela todos os membros das equipes podem ser vistos em um mapa do Google e através do endereçamento de serviços para a equipe mais próxima, mais tarefas podem ser completadas em um período menor de tempo.

Os trabalhadores de campo podem visualizar informações detalhadas sobre a tarefa, assim como adicionar suas próprias anotações, que são imediatamente armazenadas na nuvem. E os gestores ainda podem fazer análises, como o histórico de localização de cada trabalhador.

Venha conhecer mais sobre nossas soluções em nosso site: www.geoambiente.com.br

Please follow and like us:

Nova versão do Google Earth para Android traz imagens do fundo do mar.

Google Earth - Android (CNET News)

A Google anunciou esta semana a atualização do Google Earth 1.1 para Android. Agora é possível que os usuários explorem o oceano, pelo aplicativo, através de dispositivos móveis.

Usando o botão “Look Around”, no Google Earth, o usuário pode explorar as profundezas oceânicas no aplicativo, como se estivesse navegando sob a superfície da água.

Ainda, com a opção “Explore the Ocean” é possível visualizar imagens e vídeos de colaboradores. Esta função também conta com ícones dourados que representam os “Hope Spots” do Mission Blue, uma organização protetora das espécies oceânicas.

O Google Earth 1.1 está disponível para Android 2.1, ou superiores.

Please follow and like us:

Oracle apresenta processo contra Google por violação de patentes e direitos autorais.

ORACLE X GOOGLE
Oracle apresenta processo contra Google

MundoGEO

A Oracle acaba de anunciar que está processando a Google por violação de patentes e direitos autorais, em uma disputa que pode envolver milhões de dólares.

Segundo o comunicado oficial da Oracle, ao desenvolver o Android, o Google teria deliberadamente violado, direta e reiteradamente, os direitos de propriedade intelectual relacionados com Java, marca registrada da Oracle.

Ainda de acordo com Karen Tillman, porta-voz da Oracle, este processo busca o ressarcimento correspondente por tal violação.

Please follow and like us: