Ativistas ambientais protestam contra uso de energia nuclear na Alemanha.

0 2
Protesto contra uso da Energia Nuclear

por Folha.com

Cerca de cem ativistas protestaram contra a decisão do governo alemão de prolongar o uso de energia no país. A manifestação ocorreu nas imediações da sede da Chancelaria, nesta terça-feira. De manhã, integrantes do Greenpeace projetaram a frase “energia nuclear prejudica a Alemanha” em 17 reatores.

A oposição a esse tipo de energia se tornou crônica com o acidente em Chernobyl, em 1986. Mais recentemente, um ato de protesto em massa levou mais de cem mil alemães às ruas neste mês, depois de ser anunciada a aprovação da chanceler Angela Merkel em dar continuidade ao programa nuclear, que revoga decisão anterior de fechar todos os reatores até 2021.

Merkel defendeu o uso da energia nuclear como sendo uma “tecnologia de transição” que permitirá o governo desenvolver recursos renováveis a partir da utilização de biocombustíveis e energias eólica e solar.

Para manter os reatores em funcionamento, as quatro companhias que administram as 17 plantas nucleares alemãs vão pagar uma taxa regular ao governo, que deve gerar anualmente cerca de 2,3 bilhões de euros (aproximadamente US$ 3,1 bilhão). Ao mesmo tempo, terão o compromisso de contribuir com um fundo de pesquisa em energias renováveis.

O líder do partido oposicionista Sigmar Gabriel, do partido dos sociais-democratas, acusou o governo de estar interessado somente no dinheiro. “As velhas plantas nucleares podem produzir diariamente milhões de euros”, disse. “É isso que está em jogo, nada mais.”

Posts relacionados

1 Response
  1. Guilherme

    Em junho de 2009, segundo o Panorama da Energia Nuclear no Mundo escrito pela Eletronuclear ( http://www.eletronuclear.gov.br/pdf/panorama.pdf ), existiam 436 reatores em 31 países, e 14 países estavam construindo 45 novos reatores. Hoje esses números devem ser maiores. Segundo o mesmo documento, Mohamed El- Baradei, diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica declarou que atualmente cerca de 50 países visam ter fontes energéticas nucleares, e que as potências em expansão querem multiplicar o número de usinas em seu território. Muitos governos consideram a ampliação internacional da energia nuclear uma opção à mudança climática e uma alternativa às oscilações do preço dos produtos energéticos, além de ser uma proteção à incerteza sobre os combustíveis fósseis, mas a iminente expansão da energia nuclear em todo o mundo requer que os governos atuem com responsabilidade nessa empreitada. (EL-Baradei -28.10.2008 – United Nations General Assembly).

    Minha pergunta é: SERÁ QUE REALMENTE VALE A PENA CORRER UM RISCO TÃO GRANDE PARA A VIDA EM NOSSO PLANETA ? Na minha opinião apesar dos argumentos positivos acima, os riscos são muito maiores. A energia nuclear deveria ser definitivamente banida de nosso planeta. Vamos inovar e criar algo que não ofereça riscos tão grandes à vida!! Apesar de improvável, mas não impossível, imaginem se metade desses reatores em todos esses 45 países explodissem ao longo de 1 ou 2 semanas. Deus nos livre!!!

Deixe um Comentário

Posts mais recentes:

multicloud
GoogleCloud
DataFlow
Google Maps
Google Cloud
Google Maps
Google Maps
Google Cloud
Google Maps
Google Maps
Google Cloud
Google Cloud
Google Cloud
Armazenamento