Está no ar o novo mapa das áreas verdes do Rio

0 2

Sistema Florestas Rio mostra que 28,9% do território são compostos por Mata Atlântica

fonte: Globo.com

A prefeitura do Rio colocou no ar um novo inventário das áreas verdes da cidade. Com imagens de satélites até cinco vezes mais detalhadas que os mapeamentos feitos até 2001, o portal é resultado de um ano de levantamentos topográficos e trabalhos de campo de geógrafos e biólogos. O Sistema Florestas Rio (sigfloresta.rio.rj.gov.br) mostra que 28,9% do território da cidade — 35.290 hectares — são compostos por Mata Atlântica e ecossistemas associados, como restingas, mangues.

Pela primeira vez, os cariocas poderão ter acesso aos valores do mapeamento de todos os bairros, incluindo regiões administrativas e áreas de planejamento, bacias hidrográficas e maciços. As imagens de satélite, registradas em 4 de julho de 2010, foram transformadas em cartografia digital pela empresa GEOAMBIENTE, de São José dos Campos-SP. É possível ver, com detalhes, áreas de até 2.500 metros quadrados. Relatórios sobre a biodiversidade de unidades de conservação também estão disponíveis no portal.

De acordo com o vice-prefeito e secretário de Meio Ambiente, Carlos Alberto Muniz, o novo sistema, a partir de agora, vai nortear todas as ações do município na área ambiental.

— Estamos focados em desenvolver estratégias de ação para enfrentar as mudanças climáticas. Com este inventário, que atualizaremos constantemente, estamos conhecer a realidade. Até hoje não tínhamos um diagnóstico tão preciso. Passa a ser uma ferramenta do nosso processo de licenciamento. As áreas degradadas estão muito mais claras agora — diz Muniz.

O mapeamento mostra que a Zona Oeste detém a maior espaço preservado da cidade. O bairro mais verde do Rio é Guaratiba, com 6.967 hectares cobertos por vegetação — o equivalente a três vezes o bairro da Lagoa, na Zona Sul. Jacarepaguá (4.720 hectares), Campo Grande (3.143 hectares), Vargem Grande (2,833) e Alto da Boa Vista (2.785) completam a lista dos territórios com mais áreas de florestas. Todos possuem mais de 50% de cobertura de Mata Atlântica. Não entra nesta conta as árvores de ruas.

Por outro lado, o Rio tem metade se seus bairros com menos de 1% da cobertura de Mata Atlântica — a maioria na Zona Norte. Outros 25 não contam com qualquer área florestada. Na Zona Sul, São Conrado é o líder em verde, com 394 hectares. Em seguida, aparece Gávea (105), Urca (87) e Botafogo (73) e Copacanaba (73 hectares).

Posts relacionados

Deixe um Comentário

Posts mais recentes:

5 mitos sobre a estratégia multicloud
Google Maps
Google Cloud
Google Cloud
Google Cloud
multicloud
Cloud Run: desenvolva aplicações em contêiners sem servidor no Google Cloud
Anthos
Google Next
multicloud
GoogleCloud
DataFlow
Google Maps
Google Cloud