Exército vai auxiliar no trabalho de georreferenciamento de propriedades rurais, garante diretor do Incra

Afirmação de Richard Torsiano veio após exibição de reportagem do Jornal da Pecuária

fonte: CanalRural

O diretor do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Richard Torsiano, garantiu o empenho do exército brasileiro no trabalho de georreferenciamento de propriedades rurais do país. A afirmação veio após a matéria exibida no Jornal da Pecuária, telejornal do Canal Rural, na quinta, dia 22.

A reportagem mostrou que existem cerca de seis mil processos de georreferenciamento parados no Incra, que alega falta de pessoal qualificado para analisar os processos.

Confira a entrevista com o Richard Torsiano:

[vimeo http://vimeo.com/29677532]

Posts relacionados

2 Responses
  1. Marcelo

    compareci pessoalmente ao DSG no quartel General do Exército em Brasília, fiquei totalmente desnorteado, pois eles nem ainda estão sabendo do convênio EXÉRCITO X INCRA. Sei de uma coisa, dei entrada no GEORREFERENCIAMENTO em 06/2011 e até agora não houve qualquer andamento. O pior que lá na fazenda está tudo parado, investi todo dinheiro que tinha na aquisição e em benfeitorias. Agora, preciso registrar o imóvel no meu nome, para depois pleitear um Financiamento Agrícola, e tudo está travado. além do desabafo, vai aqui a real situação entre convênios.

  2. Adolfo Beckmann

    Finalmente alguem divulga o problema do Georreferenciamento. Aproveito esta oportunidade para sugerir ao jornalista que divulgue a Nota Técnica do INCRA DFG/Nº01/2010, que se cumprida pelo INCRA, resumiria a análise dos processos em simples conferencia da existencia dos documentos e da não sobreposição do perímetro, tal como foi proposto no abaixo assinado que fiz em agosto de 2008 exigindo a mudança nos procedimentos de certificação, que foi aprovada pelo INCRA por imposição da CNA, esta proposta se fundamentou no sistema que a Receita Federal adotou para as declaraçãos do imposto de renda, com a vantagem de o georreferenciametno ser assinado por um profissional habilitado que responderá civil e criminalmente se o processo fraudar ou prejudicar intensionalmente alguém.
    Basta o INCRA seguir o procedimento já aprovado em 2010, não haverá necessidade de convênio com o Exercito, que infelizmente também vai ter pouquissimos técnicos com conhecimento sobre o Georrefeenciamento, o que no meu entendimento não vai resolver o problema.

Deixe um Comentário

Posts mais recentes:

3 sinais de que a estratégia de logística do seu e-commerce pode ser bem-sucedida
Planejamento de rotas
Áreas que usam Google Maps para transformar seus negócio
Logística para e-commerce: qual importância e como afeta o negócio?
Como usar o Google Maps para reduzir custos de frete e aumentar as vendas do seu negócio?
Same day delivery: o que é e como aplicá-lo no seu e-commerce?
varejo
Valor de frete torna-se diferencial e fator decisivo para que cliente conclua compra
store locator
rastreamento de cargas
aplicativos geolocalização
geolocalização
ship from store
delivery
Store Locator