GEOAMBIENTE desenvolve projeto para caracterização e monitoramento qualitativo de manguezais

0 2

Mangue1O ecossistema manguezal é considerado um dos sistemas mais produtivos do mundo e de grande valor socioeconômico. Desenvolve-se principalmente na zona de transição entre os ambientes terrestres e marinhos, sujeita aos regimes das marés, em climas tropical e subtropical (SCHAEFFER-NOVELLI, 1994).

A PETROBRAS, por desenvolver várias atividades na região costeira, realiza frequentemente estudos de caracterização e monitoramento em áreas de manguezais, envolvendo recursos humanos e logísticos consideráveis devido à complexidade do ambiente, temporariamente alagado, e a dificuldades de acesso.

A busca por métodos de caracterização e monitoramento da vegetação com o uso de sensoriamento remoto, vem de encontro à necessidade de melhorar esses processos e otimizar o esforço em campo. Entre as novas tecnologias destaca-se o uso e dados ópticos de alta resolução espacial, associados a técnicas de processamento digital de imagem, que permitam a interpretação e geração de mapas de forma semi-automática.

O sistema WorldView-2 foi lançado em 2009 com resoluções espectral, espacial e temporal inéditas para este tipo de sensor. Possui 8 bandas multiespectrais, 5 na faixa do visível e 3 na do infra-vermelho próximo, com resolução espacial de 2 m; e banda pancromática com 0,5 m. Além das 4 bandas tradicionais tem 4 bandas adicionais sendo o vermelho limítrofe (Red-edge) e infravermelho-2, voltadas para análises e classificações de vegetação e estudos de biomassa.

Adicionalmente, dados LiDAR (Light Detectionand Ranging) aerotransportados, tem sido utilizados em áreas de floresta (MACEDO, 2009); demonstrando o potencial de uso dos modelos derivados, na caracterização de áreas de manguezais.

Entre as técnicas de classificação de imagens, as orientadas a objetos têm sido utilizadas na classificação de imagens de alta resolução espacial. O processo busca emular o conhecimento do especialista aplicando regras de classificação em segmentos das imagens. Ao contrário da abordagem de classificação pixel-a-pixel, que usa somente atributos espectrais, neste processo atributos espaciais, geométricos, relações de vizinhança e hierárquicas podem ser utilizadas (DEFINIENS, 2003).

Copy ofDSC00120

Neste contexto, o presente trabalho objetiva avaliar o uso combinado de dados WorldView-2 e LiDAR, em processo de classificação orientada a objetos para a caracterização qualitativa de áreas de manguezal.

Os manguezais da Área de Proteção Ambiental (APA) Guapimirim, na Baía de Guanabara (RJ) foram selecionados para este estudo devido à disponibilidade de dados de campo, do Programa de Caracterização e Monitoramento dos Manguezais da APA Guapimirim e Estação Ecológica (ESEC) Guanabara, em atendimento a licença de instalação do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (COMPERJ).

Posts relacionados

Deixe um Comentário

Posts mais recentes:

Localizador de Produtos
Cloud native
Google Maps
Google Maps
nuvem
Google Maps
Google Cloud
Google Cloud
Google Maps
Google Cloud
Nuvem
Google
Google Cloud
Google lança novos recursos de customização para o Maps no mobile
5 mitos sobre a estratégia multicloud
mariobet - supertotobet -

macbook tamir

- mersin eskort