Google Cloud: o que é computação em nuvem e por que é essencial para o seu negócio?

nuvem0 2

A computação em nuvem deixou de ser uma tendência e se tornou um fator decisivo para a competitividade das companhias e, até mesmo, para a sobrevivência dos negócios. Ter uma infraestrutura de computação dentro da sua empresa pode sair muito caro, pois exige não apenas a compra de sistemas e hardware, mas também de uma equipe para gerenciar essa arquitetura.

Ao mesmo tempo, a infraestrutura interna de uma organização precisa ser escalonada quando a demanda do negócio aumenta. Por exemplo, um site de e-commerce ou app que recebe um pico de acessos na Black Friday precisa ampliar seus recursos de computação para atender a essa demanda, mas não é viável para a empresa fazer esse investimento nessa estrutura que será pouco aproveitada ao longo do ano.

A computação em nuvem resolve esses problemas oferecendo recursos de computação como serviços escalonáveis sob demanda. Entenda a seguir os principais conceitos e definições da computação em nuvem e conheça os benefícios do Google Cloud, um pacote de modelos de serviços de computação em nuvem ofertado pelo Google.

Leia mais: 4 razões para acelerar a transformação digital da sua empresa com um parceiro premier do Google Cloud

O que é computação em nuvem?

A computação em nuvem é a disponibilidade sob demanda dos recursos de computação como serviços na internet. Assim, elimina a necessidade de as empresas comprarem, configurarem ou gerenciarem a infraestrutura. Desse modo, elas pagam apenas pelo que usam.

Nesse modelo não há licenças ou contratos rígidos de prestação de serviço. Tudo é adquirido conforme a necessidade do negócio.

Existem três tipos de modelos de serviço de computação em nuvem:

  • a infraestrutura como serviço oferece serviços de computação e armazenamento (IaaS)
  • a plataforma como serviço oferece um ambiente de desenvolvimento (PaaS)
  • implantação para criação de aplicativos de nuvem e o software como serviço entrega os aplicativos como serviços (SaaS)

Quais os benefícios da computação em nuvem?

Há diversas vantagens de usar a computação em nuvem. Entenda as principais:

Flexibilidade: por meio da arquitetura da computação em nuvem, as empresas podem acessar os serviços de nuvem de qualquer lugar com uma conexão com a internet, aumentando ou reduzindo a escala de acordo com a necessidade.

Eficiência: é possível desenvolver novos aplicativos e lançá-los rapidamente sem se preocupar com a infraestrutura.

Valor estratégico: provedores de nuvem, como o Google Cloud, estão alinhados às recentes inovações para fornecê-las como serviços. Assim, as empresas tornam-se mais competitivas e alcançam um retorno do investimento maior do que se tivessem adquirido tecnologias que podem se tornar obsoletas em curto prazo.

Segurança: os riscos de segurança da computação em nuvem são considerados baixos. A segurança da computação da cloud é reconhecida como mais forte do que a de data centers corporativos, por exemplo, graças à profundidade e à amplitude dos mecanismos de segurança que os provedores de nuvem implementam. E, ainda, as equipes de segurança dos provedores de nuvem contam com os melhores especialistas de segurança do mercado.

Economia: independente do modelo de serviço de computação em nuvem escolhido, as companhias pagam somente pelos recursos utilizados. Assim, você não precisa sobrecarregar a capacidade do data center para atender a picos de demanda ou ao crescimento dos negócios. Com isso, sua equipe TI pode se dedicar aos projetos mais estratégicos.

Por que a nuvem é essencial para o seu negócio?

A computação em nuvem é opção viável para que as empresas consigam inovar seus processos, adotar novas tecnologias, impulsionar o desenvolvimento de novos produtos e expandir o crescimento. O Google Cloud oferece acesso a recursos escalonáveis e às tecnologias mais recentes, reduzindo despesas com infraestrutura fixa.

Se sua empresa têm que lidar com alguns cenários descritos a seguir, a cloud computing é o melhor investimento para seu negócio:

  • Crescimento de negócios que supera a capacidade da infraestrutura
  • Pouca utilização dos recursos de infraestrutura existentes dentro de casa
  • Grandes volumes de dados que sobrecarregam seus recursos de armazenamento de dados no local
  • Lentidão nos tempos de resposta com infraestrutura local
  • Ciclos de desenvolvimento de produto atrasados devido a restrições de infraestrutura
  • Problemas de fluxo de caixa atribuídos a despesas com infraestrutura de computação
  • Grande quantidade de usuários distribuídos em dispositivos móveis ou distribuídos

    Todos esses situações mencionadas exigem mais do que os data centers tradicionais são capazes de oferecer. Se você se encaixa em alguma delas, a nuvem é um caminho sem volta!

Onde e como a computação em nuvem é usada?

O serviço de nuvem do Google oferece uma ampla variedade de aplicativos que podem beneficiar as organizações. Veja os principais:

Escalonamento de infraestrutura:
as organizações das diferentes indústrias têm demandas e necessidades particulares nas quais a nuvem pode ajudar. A computação em nuvem atende às exigências por aumento de infraestrutura a qualquer momento.

Recuperação de desastres:
as empresas utilizam a computação em nuvem para fazer backup de segurança dos recursos digitais, em vez de deixar todos os dados no data center que pode sofrer algum prejuízo, como inundações.

Armazenamento de dados:
a computação em nuvem alivia data centers sobrecarregados armazenando grandes volumes de dados, tornando-os mais acessíveis, simplificando a análise e o backup dos mesmos.
Desenvolvimento de aplicativos: a cloud viabiliza aos desenvolvedores acesso rápido a ferramentas e plataformas para criar e testar aplicativos, impulsionando o tempo de lançamento.

Análise de dados:
a nuvem fornece inúmeros recursos para processar grandes volumes de dados (Big Data), acelerando a pesquisa e reduzindo o tempo para alcançar insights.

Google Cloud: o serviço de nuvem do Google

O Google Cloud é um conjunto de serviços de computação em nuvem executado na mesma infraestrutura utilizada internamente pelo Google para os próprios produtos de consumo, como a Pesquisa Google, o Gmail e o YouTube.

Reconhecida como um parceiro premier do Google Cloud, a Geoambiente oferta às empresas uma gama de serviços disponíveis no Google Cloud. Ao desenvolver aplicativos ou executar cargas de trabalho na nuvem do Google, as empresas podem combinar esses serviços.

Compute Engine:
infraestrutura de computação em máquina com tamanhos personalizados para acelerar a transformação em nuvem.

Cloud Storage:
armazenamento de objetos unificado, escalonável e durável.

BigQuery: armazenamento de dados na nuvem sem servidor, altamente escalonável e econômico.

Cloud SQL: serviço de banco de dados relacional gerenciado para MySQL, PostgreSQL e SQL Server.

Google Kubernetes Engine:
serviço gerenciado do Kubernetes com escalonamento automático de quatro direções e suporte para diferentes clusters.

Cloud CDN: envio rápido e confiável de conteúdo de vídeo na web com escala e alcance globais.


Geoambiente - Google Cloud Premier Partner

A Geoambiente é parceira premier do Google Cloud e oferece ao mercado a solução Google Cloud enquanto plataforma, além de serviços desenvolvidos pelo nosso time de especialistas com base na tecnologia em nuvem.

Quer saber como podemos ajudar a transformar seu negócio também?   

Posts relacionados

Deixe um Comentário

Posts mais recentes:

Google Maps
Google Cloud
Nuvem
Google
Google Cloud
Google lança novos recursos de customização para o Maps no mobile
5 mitos sobre a estratégia multicloud
Google Cloud
Google Cloud
Google Cloud
multicloud
Cloud Run: desenvolva aplicações em contêiners sem servidor no Google Cloud
Anthos
Google Next
multicloud