Google Next’21: confira os lançamentos em infraestrutura aberta, segurança, dados e sustentabilidade

Google Cloud0 2

Nesta semana, entre os dias 12 a 14 de outubro, o Google realizou nos Estados Unidos seu evento online de tecnologia, o Google Cloud Next ’21. Dentre as novidades apresentadas sobre o serviço de nuvem do Google, estão lançamentos com foco em segurança, nuvem aberta e redução do impacto ambiental.


Esses anúncios fortalecem a infraestrutura de nuvem aberta do Google Cloud, utilizada por milhões de empresas que buscam implementar aplicações críticas em diferentes ambientes, conectar com seus parceiros e clientes, lançar novos produtos e proteger usuários e dados em qualquer lugar.

“Hoje em dia, toda companhia é uma empresa de tecnologia. Por isso, elas têm aproveitado o poder dos dados, da Inteligência Artificial e das experiências digitais para promover a disrupção em seus setores”, pontuou Eduardo López, presidente do Google Cloud na América Latina sobre as atualizações. “No fim das contas, as organizações que prosperarão não tomarão apenas decisões de infraestrutura sobre armazenamento e computação, mas usarão a nuvem para transformar a forma como toda a empresa colabora e inova”.

Leia mais: Conheça os recursos de nuvem para ambientes multicloud do Google

Confira a seguir os principais lançamentos apresentados no evento:

Infraestrutura aberta: uma nuvem aberta que pode funcionar em qualquer lugar.

Para apoiar as organizações a acelerarem suas implantações de nuvem, independentemente do lugar, o Google anunciou o Google Distributed Cloud, que possibilita mais opções de como e onde executar as suas cargas de trabalho mais críticas, sem a necessidade de se preocupar com o hardware subjacente.

Desenvolvidos a partir do Anthos, os produtos deste portfólio abrangem:

• Google Distributed Cloud Edge: atualmente disponível no modo preview, este produto totalmente gerenciado aproxima a infraestrutura e os serviços do Google Cloud de onde os dados estão sendo gerados e consumidos. Os clientes podem executar aplicações remotamente e com segurança em hardware gerenciado pelo Google, assim como aproveitar os mais de 140 pontos de presença globais do Google, ambientes de operadora ou em seus próprios data centers, lojas, fábricas ou outros locais. Essas capacidades o torna ideal para executar processamento de dados locais, cargas de trabalho de computação de borda de baixa latência, modernização de ambientes locais e implantação de soluções 5G/LTE privadas em diversos setores. A solução é baseada nas soluções de telecomunicações do Google Cloud e capacita os CSPs para executar cargas de trabalho nas tecnologias Intel e Nvidia, fornecendo novos casos de uso 5G e de ponta.

• Google Distributed Cloud Hosted: disponível no modo “preview” a partir do primeiro semestre de 2022, o Google Distributed Cloud Hosted proporciona aos clientes uma maneira segura de modernizar implantações locais, independentemente destes escolherem fazê-lo sozinhos ou hospedar em um parceiro confiável. Não requer conectividade com a Google Cloud a qualquer momento para gerir infraestrutura, serviços, APIs ou ferramentas. O Google Distributed Cloud Hosted usa um plano de controle local gerenciado pelo Anthos para operações, dando suporte a clientes do setor público e entidades comerciais que têm requisitos rígidos de residência de dados, segurança ou privacidade.

Segurança: mantendo usuários online e seguros na nuvem

Para suportar organizações a liadrem com os desafios de segurança sem enfrentados em todos os setores, o Google Cloud apresentou dois anúncios importantes:

Novo Google Cybersecurity Action Team

Essa equipe do Google será responsável por ajudar governos e empresas a construírem uma nuvem confiável, usando as práticas recomendadas de segurança do Google para orientar o mundo sobre a transformação da segurança, inteligência contra ameaças e política de segurança cibernética

Um novo Work Safer Program

O Work Safer é iniciativa para proteger as organizações contra as crescentes ameaças à segurança cibernética. O programa fornecerá às empresas acesso a ofertas que combinam o Google Workspace com soluções líderes do Google, incluindo BeyondCorp Enterprise para ameaças integradas e proteção de dados, reCAPTCHA Enterprise para proteção contra fraudes em sites, Chronicle para análises de segurança, assim como os hardwares do Google líderes do setor, que incluem Chromebooks, smartphones Pixel e chaves de segurança Titan. O Work Safer oferece às empresas acesso a uma ofertas nesses serviços e dispositivos, além de incluir soluções de parceiros de segurança cibernética, CrowdStrike e Palo Alto Networks.

Data & Analytics: soluções de dados, analytics e IA mais completas e unificadas

Para apoiar os clientes a construir arquiteturas de dados modernas com análises em tempo real e potencializar suas aplicações de missão crítica baseadas em dados, o Google Cloud lançou novas atualizações. São elas:

Lançamento do BigQuery Omni: a solução aborda gerenciamento de dados complexos em ambientes híbridos e multi-cloud. Agora disponível no GA, permite que as organizações executem análises com dados entre nuvens na Amazon Web Services e no Microsoft Azure. Foi lançado em Beta no ano passado e agora estará disponível para todos os clientes.

Spark no Google Cloud: disponível no modo preview, Spark no Google Cloud é o primeiro serviço Spark sem servidor e escalonamento automático do mundo para a plataforma de dados do Google Cloud. Ele torna o Spark uma oferta premium no Google Cloud e permite que os clientes comecem em segundos e escalem infinitamente, independentemente de iniciarem no BigQuery, Dataproc, Dataplex ou Vertex AI.

Sustentabilidade: a nuvem mais limpa da indústria

Intitulada a nuvem mais limpa da indústria, o Google Cloud formalizou inovações para ajudar os clientes a tomar medidas para combater as mudanças do clima.

Carbon Footprint: é um relatório personalizado que estará disponível a partir de hoje para todos os clientes, gratuitamente, no Cloud Console para que eles possam entender as emissões de carbono associadas ao uso do Google Cloud Platform; além de medir, acompanhar e relatar o progresso em relação às metas de sustentabilidade.

Recomendação de projetos abandonados:
é um novo recurso que usa Machine Learning para identificar projetos que, provavelmente, estão abandonados, sinalizando-os para que as organizações possam optar por excluí-los facilmente, reduzindo suas emissões de carbono, economizando dinheiro e mitigando riscos de segurança.

Google Earth Engine: disponível em preview no Google Cloud Platform. Combinado com outras soluções da plataforma – como BigQuery, Cloud AI e Google Maps Platform – os dados da Earth Engine permitem que as empresas rastreiem, monitorem e prevejam mudanças na superfície da Terra devido a eventos climáticos extremos ou atividades causadas pelo homem. Assim, conseguem se planejar para economizar em custos operacionais, mitigar e gerenciar melhor os riscos, tornando-se mais resilientes às ameaças das mudanças climáticas. Esta nova oferta envolverá os dados, percepções e funcionalidades exclusivas do Earth Engine com uma experiência e confiabilidade de nível empresarial, totalmente gerenciada.


Geoambiente - Google Cloud Premier Partner

A Geoambiente é parceira premier do Google Cloud e oferece ao mercado a solução Google Cloud enquanto plataforma, além de serviços desenvolvidos pelo nosso time de especialistas com base na tecnologia em nuvem.

Quer saber como podemos ajudar a transformar seu negócio também?   

Posts relacionados

Deixe um Comentário

Posts mais recentes:

Google Maps
Google Cloud
Nuvem
Google
Google Cloud
Google lança novos recursos de customização para o Maps no mobile
5 mitos sobre a estratégia multicloud
Google Cloud
Google Cloud
Google Cloud
multicloud
Cloud Run: desenvolva aplicações em contêiners sem servidor no Google Cloud
Anthos
Google Next
multicloud