API de Mapa: o que é e por que pode ser importante para o seu negócio?

API0 2

A sigla API é extremamente comum no universo da tecnologia e quer dizer Application Programming Interface, ou Interface de Programação de Aplicação na tradução. As APIs são conjuntos de padrões que integram uma interface e facilitam o desenvolvimento de plataformas.

No contexto da geolocalização e dos mapas, os apps de delivery, por exemplo, são criados com base em padrões das APIs do Google Maps. Na prática, as APIs simplificam a rotina dos desenvolvedores, que conseguem criar aplicativos e sistemas de modo simples e rápido.

A seguir, detalhamos o que é e como funciona esta ferramenta tão importante para as empresas. Boa leitura!

Leia mais: Quais APIs da plataforma Google Maps escolher de acordo com segmento da sua empresa?

O que é uma API de mapa?

A Application Programming Interface consiste em um conjunto de normas que permitem a comunicação entre diferentes plataformas por meio de protocolos e padrões. Isso quer dizer que as APIs viabilizam a criação de sistemas e apps capazes de comunicar com plataformas.

Assim, empresas de software podem criar APIs para que outras empresas consigam desenvolver produtos e serviços relacionados às suas tecnologias. É o caso do Google Maps, que fornece seu código original a partir de um leque de diferentes APIs. Outro exemplo são os sistemas operacionais, como o Android, que disponibiliza APIs para que os desenvolvedores consigam criar novos apps, como um app de câmera com inúmeros filtros, sem que seja preciso criar do zero uma câmera.

Imagine a complexidade de criar um mapa do zero, com nomes de ruas, estabelecimentos e casas. As APIs fornecidas pelo Google Maps possibilitam que os desenvolvedores insiram um mapa em um site de uma imobiliária, por exemplo, por meio de padrões definidos, sem que haja necessidade de criar uma nova interface de mapa.

Quando um usuário acessa um aplicativo de taxi, por exemplo, consegue determinar sua localização em um mapa antes de solicitar uma corrida uma vez que o mapa do Google Maps é fornecido dentro do próprio app. Esta comunicação é possível graças às APIs!

Sites e aplicativos podem se comunicar, transmitindo dados e códigos, de modo automático através das APIs, que estabelecem comportamentos de objetos em uma interface.

APIs do Google Maps: como funciona uma API de mapa

As APIs da Plataforma Google Maps operam como “blocos de construção” que podem ser explorados em conjunto para criar experiências e aplicações baseadas em localização. São uma grande biblioteca de códigos que permitem aos desenvolvedores criar aplicativos ou soluções web com mapas do Google. Com elas, é possível desenvolver soluções internas, externas, soluções de rastreamento e outras.

Para tanto, essas APIs de mapas reúnem dados sobre latitude, longitude, trânsito, localização geográfica e muito mais. Essa inteligência de geolocalização pode ser adicionada em sites e apps para otimizar as operações de uma empresa, bem como melhorar a experiência proporcionada ao cliente.

Por meio das APIs do Maps, é possível incorporar um mapa dinâmico em uma página da web, exibir visualização em 360 graus de um local, mostrar a loja mais próxima ao cliente, criar rotas para otimizar processos de logística e acompanhar o deslocamento em tempo real em aplicações. Para utilizá-las, uma empresa pode optar tanto por contratar os serviços do Google diretamente ou contar com um parceiro autorizado (como a Geoambiente).

Assim como qualquer API do Google, exige autenticação e autorização para obter acesso. Para começar, é preciso obter um token ou chave (key, em inglês) de acesso. Essa chave é utilizada para autorizar o acesso a um serviço de API.

Google Maps: APIs para impulsionar o seu negócio

Os mapas do Google Maps adicionados em sites, sistemas e aplicações podem ajudar sua empresa a evoluir na jornada da transformação digital. Conheça as vantagens de utilizar as APIs do Maps:

  • Acesso a informações de geolocalização em tempo real
  • Agilidade na entrega e compartilhamento de dados e velocidade na transmissão de requisições, diminuindo o tempo de resposta de solicitações
  • Otimização de operações com base em dados de geolocalização
  • Melhoria da experiência do cliente, garantindo personalização e rapidez no atendimento
  • Obtenção de insights em tempo real para direcionar a tomada de decisões

Para facilitar o uso, as APIs do Google Maps estão divididas em três categorias: Maps, Routes e Places (em português, Mapas, Rotas e Lugares).

• Mapas: exibe informações em mapas estáticos ou dinâmicos por meio do Maps e do Street View e facilitar a navegação de clientes e usuários em sites ou aplicativos.

• Rotas: simplifica o cálculo do caminho mais eficiente para seu usuário, eliminando atrasos e reduzindo deslocamentos desnecessários.

Lugares: facilita a descoberta de mais de 200 milhões de lugares mapeados (estabelecimentos, locais geográficos ou pontos de interesse) em uma área ou ponto definido de um mapa.


Geoambiente - Google Cloud Premier Partner

A Geoambiente, empresa com mais de 25 anos de experiência em inteligência de localização, também pode ajudar seu negócio a acompanhar a mudança de comportamento do consumidor e entregar encomendas e pedidos com mais agilidade e eficiência. 

Somos  parceiros premier do Google Cloud e revendedores oficial do Google Maps há quase 10 anos. Oferecemos acesso a plataforma de Maps (e a todas as APIs e funcionalidades) e também desenvolvemos soluções integradas e personalizadas a partir das APIs, auxiliando organizações a saírem na frente diante da disparada do comércio eletrônico e do aumento exponencial de pedidos por delivery.

Quer saber como podemos ajudar a transformar seu negócio também?   

Posts relacionados

Deixe um Comentário

Posts mais recentes:

Dominos
Framework Google Cloud
Product Locator
Bradesco Seguros
delivery
migração
fraude
cartão
Last Mile
Google Cloud
Google
API
Places Autocomplete
Neighborhood Discovery
Google Cloud
mariobet - supertotobet -

macbook tamir

- mersin eskort