Segurança Pública: como usar dados de geolocalização para otimizar atendimento aos cidadãos

Google Maps0 2

Seja para gerenciar uma brigada do corpo de bombeiros, monitorar viaturas da polícia e determinar qual o veículo mais próximo para atender a uma ocorrência, a plataforma Google Maps disponibiliza uma diversidade de dados de localização relevantes para apoiar a administração pública.

O Google Maps garante acesso às organizações de segurança pública a uma gama de dados de localização e funcionalidades por meio de APIs que, integradas a sistemas e aplicações, ajudam a melhor o atendimento aos cidadãos. A partir da inteligência de geolocalização em tempo real da plataforma, agentes públicos são mais eficientes na gestão de recursos, efetuando um melhor uso do dinheiro público e atendendo à população com mais qualidade.

Leia mais: 4 áreas que usam Google Maps para transformar seus negócios

Veja a seguir como os recursos de geolocalização agilizam atendimento a ocorrências e planejamento de operações em segurança pública.

Por que a plataforma Google Maps pode otimizar o atendimento ao cidadão?

Há 15 anos o Google Maps auxilia órgãos governamentais a entregarem melhores serviços a seus cidadãos:

• 1 bilhão de usuários ativos no mundo
• 25 milhões de atualizações diárias
• 99% de cobertura no mundo
• 64 milhões de km de estradas mapeadas
• 289 atualizações por segundo

Como a Plataforma do Google Maps pode otimizar o atendimento a cidadãos?

Ao integrar as soluções do Google Maps a seus apps e sistemas, as organizações de segurança pública acessam dados precisos e detalhados a partir das APIs do Map, Routs e Places.

Maps: incorpore no seu site ou aplicativo mapas de crimes e incidentes;

Routes: crie rotas eficientes e com base no tráfego em tempo real, entre a viatura ou batalhão até o endereço da ocorrência;

Places: garanta agilidade ao seu atendimento a ocorrências, utilizando o Places Autocomplete, recurso que sugere seu endereço completo, diminuindo a margem de erro e agilizando registros.

Google Maps: otimizando serviços de segurança pública

O Google Maps possui diversas APIs e SDKs que podem ser inseridos em aplicações de órgãos de governos, como sites, apps e sistemas internos. Os recursos mais utilizados por órgãos de segurança pública são:

Geocoding API: converte endereços de ocorrências e chamados em coordenas geográficas e vice-versa. Com isso, é possível localizar rapidamente um endereço no mapa, agilizando o atendimento.

Places Autocomplete API:
assim que o atendente do centro de operações da polícia ou bombeiros recebe a ligação de emergência e digita as primeiras letras do endereço do sistema, o recurso sugere o endereço completo e correto, o que agiliza e evita erros. Isso traz uma alta assertividade na inserção do endereço para onde a viatura será despachada.

Directions API:
com base no tráfego em tempo real, calcula a rota entre a viatura ou batalhão até o endereço de ocorrência.

Distance Matrix API: fornece a distância e tempo de deslocamento da viatura até o endereço da ocorrência para que o mais próximo seja acionado. Assim, um batalhão pode, por exemplo, identificar rapidamente se uma ocorrência está dentro de seu raio de atendimento.

Cluster Markers: exibe marcadores que identificam categorias definidas sobre um mapa, como tipos de ocorrência, nível de urgência etc.

Heatmaps: este recurso de mapa de calor possibilita a visualização de mapas a partir da intensidade dos dados em pontos geográficos e viabiliza ações preventivas. Esses pontos de ocorrência podem ser incêndios, acidentes, crimes etc. Exemplo: áreas de maior intensidade podem ser mostradas em vermelho.

Maps API e SDKs:
exibe informações em mapas estáticos ou dinâmicos por meio do Maps e do Street View para facilitar a visualização de informações e o deslocamento de agentes.

Na prática: como as APIs do Maps são utilizadas por órgãos públicos

• Os recursos do Maps permitem publicar mapas de crime e incidentes nos sites e aplicativos. Com o recurso Mapa de Calor, é possível analisar regiões com mais ocorrências criminais e planejar ações preventivas. Já as capacidades de clusterização ajudam a agrupar esses registros por categoria. Exemplo: New York City Crime Map, da Prefeitura de Nova York, que fornece à população um mapa com os registros de criminalidade.

• Otimizar o sistema de recebimento de chamados com recursos como geocodificação para identificar o ponto exato, de acordo com latitude e longitude, e direcionar o melhor batalhão para atender a ocorrência. Exemplo: Polícia Militar do Estado de São Paulo – COPOM utiliza essas funcionalidades para gerenciar os chamados

• Melhor a comunicação com os cidadãos a partir do compartilhamento de informações com base em localização, por exemplo, de alagamentos, incêndios e outros incidentes que podem impactar as rotinas da população. Além disso, dar visibilidade aos cidadãos sobre o tempo previsto para que a ocorrência seja atendida, otimizando o tempo de resposta. Exemplo: Firecast do corpo de bombeiros de Santa Catarina, que mostra a localização dos chamados aos cidadãos.

Cases de sucesso da Geoambiente

Confira os principais casos de aplicação da tecnologia do Maps com apoio do time de especialistas da Geoambiente.

Polícia Militar:
aplicações que agilizam o atendimento de ocorrências específicas, por exemplo, o atendimento de ocorrências de violência contra a mulher. Exemplo: app Salve Maria, do Governo Estadual do Piauí.

Polícia Civil: sistema que integra APIs do Google Maps paa registros de ocorrência, que utiliza Dynamic Maps API (um mapa dinâmico que permite dar zoom para localizar a ocorrência) e Geocoding API (converte um endereço de ocorrência em coordenadas geográficas, localizando o ponto no mapa). Exemplo: site da Polícia Civil do Estado de São Paulo.

Corpo de Bombeiros: sistema integra APIs do Google Maps para registro de ocorrência e despacho da viatura. Utiliza a Geocoding API (converte endereços em coordenadas) e a Directions API (calcula melhor rota entre viatura ou batalhão até endereço de ocorrência, considerando tempo real). Ex: Sistema COBOM do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar.


Geoambiente - Google Cloud Premier Partner

A Geoambiente, empresa com mais de 25 anos de experiência em inteligência de localização, também pode ajudar seu negócio a acompanhar a mudança de comportamento do consumidor e entregar encomendas e pedidos com mais agilidade e eficiência. 

Somos  parceiros premier do Google Cloud e revendedores oficial do Google Maps há quase 10 anos. Oferecemos acesso a plataforma de Maps (e a todas as APIs e funcionalidades) e também desenvolvemos soluções integradas e personalizadas a partir das APIs, auxiliando organizações a saírem na frente diante da disparada do comércio eletrônico e do aumento exponencial de pedidos por delivery.

Quer saber como podemos ajudar a transformar seu negócio também?   

Posts relacionados

Deixe um Comentário

Posts mais recentes:

5 mitos sobre a estratégia multicloud
Google Maps
Google Cloud
Google Cloud
Google Cloud
multicloud
Cloud Run: desenvolva aplicações em contêiners sem servidor no Google Cloud
Anthos
Google Next
multicloud
GoogleCloud
DataFlow
Google Maps
Google Cloud